31 de Março – Dia Mundial do Backup

Imagem: Pixabay

O Dia Mundial do Backup foi estabelecido para conscientizar as pessoas e as empresas sobre a importância de proteger os dados, fazendo cópias de segurança de seus dispositivos como servidores, computadores, smartphones e outros.

Esse lembrete e a importância da data deve-se, além de outras ocorrências como desastres naturais, pandemias, erros humanos, ao crescente número de invasão e sequestro de dados.

Casos de ataque de Ransomware em 2019

Ransomware é um tipo de software nocivo que restringe o acesso ao sistema infectado com uma espécie de bloqueio e cobra um resgate (ransom) em criptomoedas para que o acesso possa ser restabelecido.

O ano de 2019 teve um aumento de 60% no número de ataques relacionados a Ransomwares comparado ao ano de 2018.

Continuar lendo…

Estratégia de Backup 3-2-1

Imagem: Pixabay

Aumentando a proteção dos seus dados com a regra de backup 3-2-1

Por Yuri Amorim, DataSafer

A regra de backup 3-2-1 é uma metodologia eficaz para garantir que os dados de backup estarão disponíveis quando necessário e que os dados estarão armazenados de forma segura e com redundância.

As práticas da regra 3-2-1 para aumentar a sua segurança:

Continuar lendo…

Backup em fita está ultrapassado?

Imagem: Tecmundo

Por Yuri Amorim, DataSafer

Backup em Fita ou em Nuvem? Como escolher?

Para a garantia das operações e da continuidade dos negócios com alta disponibilidade e segurança, é imprescindível para as organizações contarem com soluções de backup profissionais.

Se a organização transfere as atividades de gerenciamento de backup para um MSP (Managed Service Provider), a escolha da melhor tecnologia deverá envolver também a avaliação técnica do MSP, observando vários requisitos obrigatórios e desejáveis entre as tecnologias disponíveis.

Com métodos diferentes de backup, como selecionar a melhor tecnologia? Você utilizaria um sistema de armazenamento em nuvem, um plano de backup em fitas ou talvez um sistema híbrido?

Neste post vamos comparar os prós e contras envolvendo as tecnologias de armazenamento em fita e em nuvem para ajudar na sua decisão. Vamos lá?

Conhecendo as diferenças

Para decidir qual solução é a melhor para sua organização, avalie a rotina de trabalho da sua equipe de TI, considere o tempo e as pessoas que serão envolvidas em cada processo e como isso irá garantir a disponibilidade dos dados em caso de perda.

Veja abaixo um comparativo em relação aos requisitos mais importantes no processo de backup:

Continuar lendo…

Você tem backup?

Imagem: FreePik

Você já parou para pensar no valor dos seus arquivos? Qual é a importância deles para você?

Não é nada fácil responder essas questões pois, com o passar do tempo,
acumulamos tantos vídeos, imagens, músicas, documentos, e-mails e  mensagens que já nem nos lembramos de todos eles. Geralmente, só quando
o pior acontece e já é tarde demais para recuperar nossos arquivos, é que percebemos o quanto eles são essenciais para nós.

Para evitar perder seus dados é preciso que você mantenha seus dispositivos seguros e adote uma postura preventiva, o que inclui, entre outras coisas, fazer cópias de segurança dos seus arquivos, ou seja, realizar backups.

O backup permite que você:

  • recupere seus arquivos em situações inesperadas, como acidentes e infecção por códigos maliciosos como os ransomwares;
  • recupere versões antigas, como a versão original de um arquivo que você alterou ou de uma imagem que você manipulou;
  • arquive aquilo que você precisa guardar com segurança e que poderá ser muito útil no futuro.

Para fazer backups que garantam a segurança dos seus arquivos e que sejam adequados às suas necessidades, é importante que você conheça as opções existentes e tente responder algumas questões, como:

  • quantas cópias devo fazer?
  • quais arquivos devo copiar?
  • onde os arquivos devem ser copiados?
  • qual opção melhor me atende?

Não existem respostas certas, já que elas dependem dos recursos disponíveis, da quantidade de arquivos e da importância dos dados para cada um.

Acesse aqui o arquivo completo FASCÍCULO DO BACKUP elaborado pela Cert.Br (Centro de Estudos, Respostas e Tratamento de Incidentes de Segurança do Brasil) e entenda como funciona todo o processo de BACKUP.

Fonte: https://nic.br/

10 dicas para realizar um plano de prevenção e de backup em caso de desastres naturais

 

Imagem: Pixabay

Por Jéssica Maia, Marketing, DataSafer

Em 2019, passamos por diversas tempestades e outros desastres naturais nessa mesma época do ano. Fizemos um post sobre o que aconteceu, principalmente nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, e como as empresas de TI podem mitigar riscos nesses casos. Confira aqui.

Para esse ano elaboramos uma lista com 10 dicas para você, profissional de TI, criar um plano de prevenção em caso de desastres naturais.

A infraestrutura das empresas pode ser afetada com danos causados por temporais, descarga elétrica, deslizamentos, inundações, queimadas ou outros eventos com maior ou menor severidade. Até mesmo de forma indireta a operação da empresa pode ser impactada, por exemplo, com o impedimento da chegada do pessoal de TI caso a empresa fique isolada.

Veja as 10 dicas para responder aos riscos de perda de dados provocados por desastres naturais:

Continuar Lendo…

As aulas estão de volta! Veja os desafios para as áreas de TI das escolas 4.0

Imagem: FreePik

Por Yuri Amorim, Marketing, DataSafer

Desde lousas inteligentes, iPads, plataformas de E-learning, as escolas do ensino fundamental ao ensino médio desenvolvem maneiras novas e empolgantes de inserir o uso da tecnologia na sala de aula. Não raro, as escolas de referência complementam o currículo escolar com aulas de Informática para crianças, além de cursos de robótica, lógica e programação. A educação 4.0, também conhecida como revolução digital, coloca alunos e professores em rede, com um aprendizado contínuo, dentro e fora da sala de aula.

De fato, na “Pesquisa sobre o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas escolas brasileiras – TIC Educação 2018” [1] realizada pelo NIC.BR, 98% das escolas localizadas em áreas urbanas possuem ao menos um computador com acesso à Internet para apoiar tanto nos processos administrativos, como nos pedagógicos para os alunos ou para a formação do professor.

O uso da tecnologia na educação somente tende a aumentar, com os professores se capacitando mais para utilizar computadores e a Internet para aprimorar seus conhecimentos sobre a integração de tecnologias aos processos de ensino.

Os processos administrativos de gestão escolar tornam-se também mais eficientes, com sistemas de ERPs customizados para a área de educação. A comunidade escolar, com o envolvimento dos pais, ganha facilidades de acesso on-line para matrículas, além de acompanhar de perto a evolução do seu filho com acesso à boletins com notas, frequência e quadro de avisos.

Com a oferta de links com maior capacidade e menor custo para as escolas, a tendência é apenas aumentar o uso de serviços em nuvem para o ano de 2020. Na figura abaixo, observa-se a melhora ano a ano da banda de Internet para as escolas no Brasil.

Os administradores de TI das escolas devem garantir que suas redes sejam otimizadas e capazes de acolher demandas crescentes dos usuários, impulsionadas por mais dispositivos conectados e novos sistemas. Simultaneamente, eles devem tomar medidas para preservar a segurança da rede sem comprometer o uso da tecnologia na educação. E eles devem fazer tudo da maneira mais eficiente possível.

Veja neste post algumas estratégias que os administradores de TI podem adotar para tornar suas redes rápidas e seguras.

Conte com serviços gerenciados de TI

Conte com um Managed Services Provider (MSP) que pode atender inúmeras tarefas operacionais críticas para a operação da sua rede.

Continuar lendo…