Fim do Suporte para Windows 7. Quais são as suas opções?

Os seus clientes são usuários do Microsoft Windows 7? Nesse caso não se sinta sozinho. A Microsoft formou na última década uma legião de usuários e fãs do sistema operacional Windows 7.

Mas a partir de 14 de janeiro, a Microsoft anunciou o fim do ciclo de vida de suporte (End of Life) para os sistemas operacionais Windows 7 e Windows Server 2008 / R2, o que significa que correções e suporte técnico através do centro de suporte da Microsoft não estarão mais disponíveis.

Os Provedores de Serviços de TI e MSPs devem alertar os seus clientes dos riscos em utilizar sistemas operacionais fora do roadmap de atualizações do fabricante, pois poderão conter vulnerabilidades que não serão mais corrigidas, colocando em risco a segurança do seu cliente.

Quais as medidas que você poderá adotar para atender os seus clientes? Veja neste post algumas medidas recomendadas pela CMS WiRE [1].

Medidas iniciais

Antes de qualquer atividade é importante fazer um backup dos arquivos importantes. Utilize ferramentas de backup profissionais e armazene os arquivos de backup em uma mídia externa e em nuvem.

Continuar lendo…

Ameaças para se preocupar em 2019

O ano novo chegou e com ele os novos truques criados pelos cybers criminosos. Aqui colocamos as principais ameaças que devemos tomar cuidado nesse ano no mundo digital:

Propaganda do Mal

Um hacker cria uma propaganda infectada. Na propaganda diz, por exemplo, que há vagas de empregos para mulheres e homens de 18 a 25 anos para um grande evento e espalha essa propaganda no maior número de websites possíveis. A maioria dos jovens nessa idade procuram por oportunidades temporárias e então fica fácil encontrar potenciais vítimas. Basta carregar o site malicioso dentro da propaganda para mais um cyber ataque ser concluído com sucesso.
As ameaças conhecidas hoje como phishers devem elaborar campanhas avançadas e direcionadas por geolocalização, explica um especialista em segurança entrevistado pela IP News. “É preciso ter muito cuidado com e-mails em 2019”, conforme relata Ricardo Villadiego, diretor de Segurança da Cyxtera.     Leia mais…

Porque as violações de dados estão piorando?

Apesar do aumento dos orçamentos e melhor conscientização, as violações de dados não estão apenas se tornando mais comuns, mas também mais severas.

Aqueles que têm trabalhado na segurança da informação durante a última década ou mais, testemunharam a evolução da indústria com a criação de novas posições como o CSO (Chief Security Officer) e o CISO (Chief Information Security Officer) para ajudar a fortalecer as defesas empresariais. Embora muitos aspectos têm mudado nas organizações nos últimos anos, os hackers e as novas ameaças também estão em constante evolução, explorando velhas brechas e novas vulnerabilidades.

Leia mais…

Ramsomware Bad Rabbit!

Conforme alerta das principais agências de segurança globais e no Brasil, a nova variante de ransomware Bad Rabbit está causando um número crescente de infecções iniciada na Rússia em 24OUT e que já afeta várias empresas brasileiras.

De acordo com as informações mais recentes, o ataque não explora falhas dos sistemas operacionais e exploits.

Leia mais…

Backup na Nuvem pode ser perigoso?

Na data de ontem (16/02/2017) o UOL Notícias publicou um artigo com o título “Caso Marcela Temer mostra que backup na nuvem pode ser perigoso”, e faz referência aos serviços de armazenamento de dados e arquivos na internet do Google Drive, Dropbox, OneDrive (da Microsoft) e iCloud (Apple).

Em 2014, Edward Snowden já havia publicado um artigo referente ao Dropbox, onde chegou a considerar a ferramenta como uma “hostilidade à privacidade”, uma vez que os dados dos usuários e empresas que lá estão armazenados podem ser facilmente lidos por terceiros por não possuir mecanismos eficientes de criptografia.

Leia mais…

Proteja-se do Ramsomware: o vírus que sequestra os seus dados

No Brasil 58% das empresas já receberam algum tipo de infecção por Ramsomware

O Ransomware é um tipo de malware que impede ou limita severamente os usuários de acessarem seus sistemas e arquivos e obriga as suas vítimas à pagar um resgate para restabelecer o acesso.

Atualmente as pequenas empresas representam 30% de toda a riqueza que o país produz e isso é já um bom motivo para colocá-las como alvos de ataques, além disso, muitas vezes as pequenas empresas são alvos mais vulneráveis, pois não dão devida atenção à sistemas de Backup, tanto por achar que um sistema eficaz de proteção pode ser muito caro ou então que o seu negócio não irá atrair a atenção dos criminosos, porém, o que tem ocorrido é justamente o contrário, ou seja, as pequenas empresas tem cada vez mais se tornado o alvo favorito dos criminosos.

Leia mais…