Na data de ontem (16/02/2017) o UOL Notícias publicou um artigo com o título “Caso Marcela Temer mostra que backup na nuvem pode ser perigoso”, e faz referência aos serviços de armazenamento de dados e arquivos na internet do Google Drive, Dropbox, OneDrive (da Microsoft) e iCloud (Apple).

Em 2014, Edward Snowden já havia publicado um artigo referente ao Dropbox, onde chegou a considerar a ferramenta como uma “hostilidade à privacidade”, uma vez que os dados dos usuários e empresas que lá estão armazenados podem ser facilmente lidos por terceiros por não possuir mecanismos eficientes de criptografia.

Estes casos acima citados ajudam-nos a reforçar os grandes diferenciais que uma ferramenta profissional de backup proporciona, como a questão do “Client-Side-Encryption”, que é o efeito de criptografar os dados de backup na origem, ou seja, antes mesmo de enviá-los à nuvem. Uma desvantagem de sistemas que utilizam criptografia na origem é que os dados não podem ser compartilhados com outras pessoas, pois os mesmos encontram-se armazenados de forma criptografada com chave simétrica na nuvem, porém, por outro lado garante a privacidade e a segurança das informações do cliente. Para saber mais sobre a criptografia na origem, veja este tutorial: https://artbackup.com.br/videos/criptografia

FONTES

Caso Marcela Temer mostra que backup na nuvem pode ser perigoso: https://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/02/16/manter-backup-de-conversas-e-fotos-na-nuvem-pode-ser-perigoso-entenda.htm

Edward Snowden Wants You To Ditch Dropbox For This Service

https://www.businessinsider.com/edward-snowden-dropbox-2014-7

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up